Não tem playlist Música Latina 2017 :-/

Eu sei que quando choramingo que tive semanas com 4 aulas por disciplina, tendo que ler cerca de 30 páginas por aula, mais resumo, fichamento, exercício e videoaulas, ninguém fica com pena de mim. “Já começou Latim?” é a pergunta de menosprezo favorita do pessoal.

Pra ler alucinadamente no ônibus e no trem, eu tive que parar de ouvir música. Troquei o fone bluetooth por um tampão de ouvido!

Desde novembro  de 2016 ouvi só esses discos:

  • Barro – Miocardio (Barro é o cantor, Miocardio é o nome do disco, avisando porque eu mesma vivo esquecendo…)
  • Bruno Souto – Forte
  • Francisco El Hombre – Soltasbruxa
  • Paula Cavalciuk – Morte & Vida
  • Juanes – Hermosa Ingrata

E nada me empolgou.

Sabe o que me empolgou? O que eu colocava pra tocar quando não aguentava mais gregos, troianos, linguistas genebrinos, menus totalmente nonsense do LibreOffice Impress e metáforas indecifráveis? Lu & Robertinho, com sua série de QUINZE discos Sertanejo Mashup. E Ed Sheeran.

E tem outra: estou sentindo uma mudança de perfil: de a louca por novidades, cada vez mais passo a me comportar como a que quer ouvir as mesmas velhas músicas de sempre.

 

 

 

Anúncios

Dispensada

Pedi dispensa do cargo comissionado. No dia em que fui ao GRH pedir dispensa e transferência eu me senti tão atordoada como no dia da aprovação no vestibular. Me ofereceram um posto imediatamente. Me abriram as portas da prisão.

Ainda não fui transferida. Mas meu cargo já foi, pra outra pessoa, claro 🙂 Se não me transferirem amanhã, tranferir-me-ei eu mesma.

É a crise dos 40 que se aproximam. Estou demolindo tudo o que estava errado na minha vida.

Atividade enviada para avaliação \o/

Comentários aleatórios de caloura de Letras: este título título está ruim. Muitos fonemas /v/ encadeados. E depois que extraí os dois pré-molares, os fonemas /v/ são um problema na minha vida…

Minha listinha de pagamento ficou assim. Critério de escolha: eu tinha 3 segundos pra pensar num nome:

Fernando Alonso
Isaac Asimov
Bibi Perigosa
Michael Burnham
Aristófanes
Ferdinand de Saussure
Robert Crawley
Aquele Que Não Se Deve Nomear
Mário Sérgio Cortella
Fernando Pessoa

A lista

De tempos em tempos (ou ultimamente, a cada 5 minutos) surge uma denúncia contra o machismo, a sociedade patriarcal, as mulheres publicam relatos de casos de constrangimentos ou coisas piores.

Algumas vezes eu até tenho uma historinha real pra contar mas não vejo benefício algum em publicar uma coisa que me machucou numa hashtag. Aliás, pra mim, a gente só tem como mudar o futuro educando as crianças. O presente é caso perdido. A gente trabalha para mudar o futuro das nossas netas.

Essa reflexão veio na minha avaliação de Informática. Na hora de inventar uma lista de funcionários para criar a folha de pagamento, eu, preocupada com as terríveis fórmulas do Excel, digo, do Calc, chamei na mente a lista mais fácil, a que não exigisse uma sinapse sequer pra montar. Resposta da mente: F1 2017 drivers entry list. Segunda resposta da mente: o avaliador vai olhar seu nome e vai achar que você pediu ao seu marido, seu colega de trabalho ou pagou a algum cara pra fazer.

Minha filha joga esses jogos online, passa horas matando gente no computador. Perguntei se tem algum problema com outros jogadores meninos. “Não”. Falei que já li sobre isso, que os garotos são hostis quando olham um nick feminino. Ela me disse que ninguém usa nick feminino. E que no headset elá está falando com os amigos e amigas dela, colegas de escola e curso e tals. E vida que segue.

Decidi mesclar nomes de pilotos, escritores e personagens de séries. E vida que segue.

 

Desafios da EaD

Questionariozim da aula de informática. Você começa pesquisando a história do Linux, passa por definições de Sistemas Operacionais, entra na parte de especificação de hardware e descobre que Chromebooks são ideais para isto:

wtf.png

Minha sorte é que o áudio estava desligado.