Botei afarelho nos dente!

Eu não achava graça nenhuma no Dinofauro. Até ontem. Saí do Dentista às 13h ostentando um reluzente aparelho ortodôntico na arcada superior e fui trabalhar. Enquanto eu contava as novidades, os colegas me ouviam atentamente. Depois, quando eu rompia o silêncio pra falar algo do serviço, a resposta era a mesma:

– Heim?

Aí eu vi que eu virei o Dinofauro! Comecei a reclamar “Ninguém enfende o que eu falo!”

Pior foi no banheiro:

– Você botou hoje? Ah, por isso que você está com essa carinha abatida, de dor… Está com dor?

– Não…

E não estava, é a minha cara mesmo :-/

A língua já dói no ponto onde a qualquer momento vai abrir um corte. As costas é que estão me matando, da cervical à lombar, porque se meu problema muscular é ativado por tensão, eu tenho pânico de dentista e acabei sucumbindo ao tratamento do qual eu fugi a vida inteira, imagine o estado de rigidez! E não é nem medo, nem dor, é ansiedade.

Anúncios

Um comentário sobre “Botei afarelho nos dente!

Os comentários estão desativados.