O treino, 5 minutos finais.

resultado
Eu não assisto os treinos de formação de grid desde o início dos anos 90. Comecei a fazer cursos aos sábados e perdi o hábito. Esta é a desculpa oficial. Há anos que não tenho mais compromissos extra-cama nas manhãs de sábado e ainda assim não vejo os treinos. A verdade, que acabei descobrindo no meio do caminho, é que sou ansiosa. Há ansiedade do tipo boa e ruim. Formação de grid, largada e, vá lá, a corrida inteira, são do tipo bom, mas quando o peito aperta demais o alarme de bom senso diz que os dois tipos devem ser igualmente evitados. Comecei a acompanhar A F1 em alto nível, torcendo por um time em ascensão e que rapidamente ocupou o posto de melhor que vocês tudo. Aí veio uma hecatombe. Depois de muito tempo juntando os caquinhos eu vi que meu afeto estava lá, intacto, e juntei-me de novo ao circo. Meu time, agora, só não fora rebaixado para a segunda divisão por não ser possível, mas bem que aventaram essa idéia algumas vezes. Endividado, vendendo a alma ao diabo e sendo expulso de clubes que, a bem da verdade, qualquer pessoa de bem se sente bem ao ser expulso. Nesse período eu sofri, eu me lamentei, eu criei o Exercício do Otimismo Insano. Sempre que minhas expectativas mais irreais se concretizam, a ansiedade dispara. E conforme a gente melhora, o que era irreal está ao alcance. É difícil segurar a onda.

Assisti aos 5 minutos finais do treino, hoje. Enquanto o corno do Galvão instigava a torcida (leiga) sobre uma possível pole do Massa, eu já estava com a vista turva só de ver a segunda fila tão fácil, tão consolidada. E brigava comigo mesma pra que não sonhasse com primeira fila porque ela viria às custas de sacrifícios idiotas que comprometeriam a corrida de amanhã. E eu vejo esse negócio há muito tempo pra fingir que eu não sei disso. Vejo há tempo suficiente pra saber que eu tenho que equilibrar racionalidade e torcida para não cair em crises de ansiedade ou de indiferença.

Mas é GP do Brasil e eu fico secretamente esperando um presente. Por favor, guarde segredo.

Anúncios

Um comentário sobre “O treino, 5 minutos finais.

Os comentários estão desativados.