estudando outra vez…

E lá vamos nós pegar nos cadernos de novo. Português e Matemática. Preciso me atualizar com o novo foco do ensino de português, centrado na linguagem e na comunicação, não mais na gramática e na sintaxe. Estou gostando muito. Não que seja novidade, eu já vinha lendo sobre isso desde que meu filhote entrou na escola. Novidade é pegar esses temas organizados num bom livro didático. 

Ah, a matemática. Lá vou eu de novo tentar avançar além de seno, cosseno e tangente. Meu cérebro parou aí. Tudo o que vem depois, logarítimos, matrizes, números complexos, funções, malditos sólidos geométricos, tudo foi guardado na minha memória volátil e devidamente apagado depois. Comprei material didático novo, bom, moderno, bonito. Gostei de ver os diagramas coloridos como se tivessem sido desenhados à mão. Foi minha estratégia da última vez em que enfrentei a matemática. Meu caderno ficou muito bonito, se você quer saber. E tirei 10 na prova do concurso público – indicador tão rigoroso quanto um vestibular ou a prova do PISA :))). Mas a prova só ia até as relações trigonométricas…

Voltando à minha especialidade, o portuga; esse material me obriga a escrever 6 textos por semana. Eu estava enferrujada. Não, o blog não conta. escrever aqui não dói. A diferença entre ir direto ao teclado e pegar papel e lapiseira é essa: aqui eu vou batucando confortavelmente, lá dói. Deixa eu tentar explicar: o texto no papel sai bem mais rápido. Sai mais organizado. O problema é o conteúdo. As coisas que vou buscar dentro de mim pra despejar no papel são bem mais doloridas. É, o texto fica melhor. Mas sabe lá o que é olhar para o enunciado da proposta e choramingar “não, não me faça passar por isso!” e depois espremer seu sangue no papel?

Levei 5 minutos escrevendo a redação. E uns 20 escrevendo esse post, na sequencia. Escrevo aqui na mair cara de pau. Publico as redações no scribd, morrendo de vergonha. Ay, Dios…

 

Anúncios

5 comentários sobre “estudando outra vez…

  1. Aline!!! Vai ser um sucesso, tô aqui na torcida pela sua volta definitiva aos estudos. Minha mãe voltou a estudar quando eu tiha 15 anos, passou em uma estadual lá no MT (morávamos lá)… não parou mais. A última é que entrou no Mestrado em agosto, morro de orgulho.
    Sua filhote já reclamou, mas será muito bom! Vc irá arrasar!!! Beijo!

  2. Boa sorte na volta aos estudos! E gostei muito de saber que o foco do estudo de Português finalmente se voltou ao que é mais importante!
    Agora, essas coisas que você falou aí, de matemática, não sei nada disso, não!

    1. Obrigada, Fabiano! Pois é, eu não posso nem dizer que esqueci toda a matemática porque já saí da escola há muito tempo. Eu esquecia no dia seguinte à prova, mesmo… Que tristeza…

Os comentários estão desativados.