Conectando-se à educação (sí, se puede)

Proseando no Facebook, surgiu pela milésima vez o tema “celular na educação – pode ou não pode?” Tirei uma fotinha do meu celular usando o da minha filha. Eis o Evernote de estudos da família. O Evernote dá suporte a pdf, mas na minha telinha de 2,9″ isso não adianta nada. Além da apostila em pdf, entram as anotações do caderno, em texto. O Evernote armazena o  texto das notas para visualização offline. 

Imagem

Aí me aparece uma professora e pergunta “Pega no Ipad? Eu consigo ler pdf e word no meu IPad”. A mesma professora diz que não acredita que alunos de 1º e 2º grau sejam capazes de utilizar tecnologia na educação.

Ela diz não pode, eu digo pode. Professoras e mães não deviam ficar em lados opostos, mas…

Além de desautorizar a professora, estou quebrando a lei e, como conseqüência, formando uma criaturinha contestadora e hábil, mais que eu e a professora juntas. Assim eu acabo presa. E ela, livre.

Anúncios

Um comentário sobre “Conectando-se à educação (sí, se puede)

Os comentários estão desativados.