Vandalismo nas cidades olímpicas

Leitor registra vandalismo na estação de Saracuruna, no Rio de Janeiro

Foto: Edgard de Castro Bento/VC no G1

Confusão e feridos

Esquema VIP para fãs do Polvo Paul

Acabou o Paul

Vândala em ação:

 

Ninguém se entende sobre as motivações do caos na outra cidade olímpica. O Cris Dias perguntou a ingleses e ouviu qe são baderneiros. Desocupados que podem até ter razão em algumas de suas queixas, mas estão agindo sem foco, sem uma caua definida, extravasando o ímpeto violento, prejudicando inocentes, trabalhadores e a eles mesmos, já que estão atacando sua cidade e sua gente.

“If We Don’t Riot, You Don’t Listen to Us”: The Case for Chaos

Será que há paralelo entre as duas cidades olímpicas, será que há algo pra entender que a população em geral quer ou finge ignorar? 

A revolta da Vacina, que foi um episódio bem mais complexo do que o que nos contaram, de que “os pobres estúpidos com medo de injeção quebraram tudo”.

Desculpe o post sem idéias desenvolvidas e encadenadas. O HANZ está me matando. Tá gostoso andar de ônibus com isso… Trem e metrô, nem pensar.

Pqaaafwpf5bz4g6zkwrecfvtmy2flot-bd2-sgdaogsrdvnzqoqmvi92fcsadov0h9fzq_k_a5m5n8jpoxodqmif_t8am1t1uofky6rd2h0lm3_oru7t31jjnb_g

 

 

 

 

Enviado poremail

Anúncios