Já não há mãos dadas no mundo

Motorista atropela ciclistas durante protesto em Porto Alegre

Redação SRZD | Nacional | 26/02/2011 20h29 

Um motorista se irritou com uma manifestação em prol dos direitos dos ciclistas e atropelou pelo menos 25 a noite de sexta-feira em Porto Alegre, no bairro Cidade Baixa. O protesto bloqueava uma rua e o homem acelerou o carro em direção aos manifestantes. Após o atropelamento, o motorista fugiu. A polícia trata o caso como um crime  não como acidente. Sete ciclistas precisaram de atendimento médico.


O carro foi abandonado e a polícia o localizou de madrugada no bairro Partenon. O proprietário do veículo já foi identificado, mas não se sabe se era ele quem dirigia no momento. 

Pelo menos 130 pessoas participavam da manifestação, que defendia o uso mais frequente da bicicleta como meio de transporte. Cerca de 50 caíram por conta do atropelamento.

Alguns comentários selecionados:

ANTONIO CARLOS

26/02/2011 22:10:19

ACHO QUE TÁ FALTANDO É SERVIÇO PARA ESSE PESSOAL QUE FICA FAZENDO MANIFESTAÇÕES…. VAMO TRABALHAR GENTE, ACORDA BRASIL

Julio

26/02/2011 21:46:42

Não estou dizendo que o motorista estava com a razão, mas não acho admissível qualquer protesto que bloqueie o trânsito. Se alguém no carro estivesse passando mal e necessitando com urgência de um médico, estaria justificado passar por cima de quantos fossem necessários: isso se chama “estado de necessidade”. Mas atropelar apenas por raiva, isso não. Entretanto, quem bloqueia as ruas só consegue despertar os sentimentos de ódio e indignação dos motoristas. Querem fazer manifestações pacíficas, despertando apenas o interesse na causa e não a raiva de quem tem sua passagem bloqueada? Não feche o trânsito. Proteste, grite, exponha faixas e cartazes, defenda sua causa, mas não atrapalhe a vida das outras pessoas. O direito de um termina onde começa o do outro.

ROMARCIO

26/02/2011 21:46:35

BEM FEITO A ESSES CICLISTAS IDIOTAS, POIS PENSAM Q O DIRETO DELES DE PROTESTAR É MAIOR Q O DO MOTORISTA DE TRAFEGAR EM VIA DESTINADA A ELE….

carlos

27/02/2011 03:25:20

Bom… Com certeza o motorista esta errado mas tb nao apoio a posicao dos ciclistas. O movimento era uma bomba relogio que ja deveria ter sido desarmada a tempos pelos orgaos responsaveis.. Analisem a mistura.. Um transito ja caotico mais um horario de pico mais 150 ciclistas dificultando o fluxo do transito em um fim de sexta feira chuvosa. Obvio isso um dia ia estourar a eptc ja deveria ter desmanchado o movimento a horas. Nao tenho carro mas nao acredito que a forma de acao dos ciclistas seja valida no caso. E sim as vias sao trancadas essa e a ideia do movimento sair em horario de pico andar em vias congestionadas para mostrar que a bicicleta merece espaco… Acho que nao e por ai.. O motorista deve sim pagar pelo erro mas fica o aviso. Os ciclistas nao estao certos.

Tigre

27/02/2011 04:57:22

Penso que este cidadão estava apenas defendendo seu “direito de ir e vir”, simplesmente removeu obstáculos!!!

 

No momento em que escrevo esse post, a notícia tinha 18 comentários, 5 dos quais esses selecionados.

Sabe, dizem que o brasileiro não levanta da cadeira pra protestar contra as mazelas do nosso país ou porque é uma besta ignorante com QI menor do que o de uma lagartixa ou porque é um bunda-mole acomodado. Peço licença para acrescentar mais uma razão, talvez a principal: É porque no nosso país, os descontentes não são massacrados pelas forças policiais. Não, isso é em último caso. O massacre começa na hora em que você levanta a bunda mole da cadeira, você é massacrado pelos seus irmãos, compatriotas, amigos, companheiros de infortúnio, pelos seus iguais. 

 

Enviado poremail

Anúncios