Lei das Sacolinhas

Em julho de 2010 entrou em vigor, no Rio de Janeiro, uma lei que combate o uso indiscriminado de sacolas plásticas em supermercados. São 3 opções: o mercado cobre pelas sacolas; o mercado concede desconto de R$ 0,03 a cada 5 itens comprados por um consumidor que use caixa de papelão ou sacola própria ou o mercado troca 1kg de arroz ou feijão ao consumidor que entregar 50 sacolas plásticas no caixa.

(50 sacolas limpas, viu, não vai roubar lixo na porta do condomínio não, pára de idéia)

Os top comentaristas olham apenas para as piores situações, não pensam em colaborar e são contra seja lá o que for:

Esse começa com um conceito clássico: “se tem tanta coisa errada, por que eu tenho que ser obrigado a fazer uma coisinha de nada que seja correta? Eu faço se eu quiser, obrigado, não”. E termina com uma comparação boba, porque sair na rua com sacola de compras debaixo de chuvaréu é uma droga, seja lá qual for o material da sacola O.o

Esse quer saber da grana. Três centavos é coisa de abestado. Pô, o Prezunic já me negou R$0,06 essa semana, no fim do mês eles me levam um pé de alface O.o

(P.S – sim, cheguei das compras e corri pro blog :D)

Quando faço compra do Mês, daquelas graaaandes, uso as malditas sacolinhas. Faço assim meu estoque de saco de lixo. Mesmo fazendo compra do mês a cada 2 meses. Fora disso, na passadinha no mercado para comprar o presuntinho e queijo, além de TODOS os outros estabelecimentos comerciais eu recuso as sacolas. Mas “bípedes eventuais” foi muito boa, é candidata fortíssima a virar tag no blog das fotinhas!

Ahá! carrinho de feira! Eu tenho, mas dá uma preguiça de descer com ele, aí eu vou com a sacola. Na volta, com a droga da sacola arrancando meu braço, eu me arrependo de ter desprezado o carrinho. Eu devo ser uma bípede eventual…

Alguém já experimentou? 😀 Reclamação de mãe de 2 bebês não contam, o que eu mais vejo na rua são essas mulheres fazendo malabarismos e deafiando todas as leis da física. Elas conseguem. No cenário descrito, o menor dos problemas é a caixa de papelão.

Primeiro, ignorante é a PQP. Segundo: é verdade. A maior parte da cidade não tem coleta seletiva. Temos os ecopontos, mas o que ele diz é verdade. Será que ele já entrou na Comlurb pra peitar os responsáveis pelos ecopontos que não funcionam? Eu entrei.

E, aí, se eles estão errado, eu não tenho obrigação nenhuma? Tenho. A reciclagem é só o 3º R dos Três Erres

huhaheuhauheuahuiehaiheohaheuh! O que seriam das comédia românticas de Hollywood sem as sacolas de papel? :p

Acabaram os comentários. Tem xingamentos entre gente a favor e contra a lei, mas isso não é legal. Pra encerrar, o link do texto da lei: http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/818312/lei-5502-09-rio-de-janeiro-rj

O SAC do Prezunic: http://www.prezunic.com.br/formulario_sac.aspx

E é melhor deixar de lado o vídeo das tartarugas comendo saco plástico. Eu sou carioca, vamos ficar com o vídeo do saco que causa enchente. Não que eu não me preocupe com a tartaruguinha, viu? Mas março está chegando, nessa época do ano carioca surta quando escuta o primeiro trovão…

 

Anúncios

2 comentários sobre “Lei das Sacolinhas

  1. Prezunic de novo hoje. Antes de passar as compras sacudi minha sacola cor de abóbora na frente da caixa, mas mesmo assim ela me deu o preço sem desconto. Tive que pedir. Ela dissa ahhhhh e concedeu os magníficos 3 centavos. Mas ainda tem que pedir, quem ficar quieto não leva, pelo menos pararam de brigar com quem pede O.o

Os comentários estão desativados.