A prova

Domingo, primeira fase do concurso para o Pedro II, milhares de crianças acompanhadas de pais histéricos. Sem exagero. Uma mãe gritava com o fiscal no portão que a entrada estava superdesorganizada, que eles não tinham explicado direito e que ela tinha entrado na fila errada. Enquanto isso, a filha chorava…

Minha Filhote usou das armas de que dispõe: uma mãe que consegue controlar os nervos e um pai calmo e que tem 1,87m de altura. Ele nos colocou na esquina e correu ao largo da multidão para encontrar o início e fim da fila certa, depois só levantou os braços e nós o seguimos 😀

Na saída, crianças aos prantos. (Aí sim) Me deu peninha. Sei que o Pedro II é referência de educação pública de qualidade, mas sei que se Filhote não entrar esse ano, com muita ralação a gente reduz a distância entre um colégio normalzinho e um CPII. É preciso muita dedicação, muita paciência e nem tanto dinheiro assim, conforme a Ladyce explica nesse super-post.

Um menininho escapou da mão do pai e atravessou a rua na frente do ônibus. Escapou nada, eles estavam brincando e o pai subestimou a capetice do filho. O menino atravessou bem na frente do Feital. Que felizmente vinha em baixa velocidade, viu o peste e parou. Impossível não lembrar que Deus existe. E a gente nem ia poder dizer que foi culpa da Feital.

(Parêntesis Professor Pasquale: O Feital, o ônibus; a Feital, a empresa O.o)

Filhote terminou a prova pouco antes do tempo limite e saiu dizendo que foi “mais ou menos” :-/ Já publicram prova e gabarito e eu não me animei a imprimir e levar pra casa. Me basta a confiança de que ela foi aprovada para a 2ª fase e continuamos estudando.

P.S – publiquei no blog de F1 a propsta de redação do CPII do ano passado. É, no blog de F1, se você ainda não leu, saiba que o Alonso já, porque o Alonso é mais rápido que você.

Anúncios

Um comentário sobre “A prova

  1. Olá, passei por aqui para desejar um Feliz Ano Novo, cheio de realizações, e que você não esmoreça no trabalho do blog… Um grande abraço, Ladyce

Os comentários estão desativados.