Só Freud explica isso aí

– Mãe, hoje eu vim de trem.
– Sozinha?
– É, uai.
– Não gosto de trem.
– Por quê?
– Não sei.
Alguma dúvida de onde veio meu medo de andar de trem? E o de andar sozinha na rua? Agora ela não sabe, mas durante anos me disse para não fazer, ou pelo menos não fazer sozinha, porque sozinha eu não conseguiria fazer nada mesmo.

(editado por desitência) Desisti de ir embora. Sonhei com minha avó. Minha vó muito velha, e eu, ao invés de pegar o trem para o trabalho, fui vê-la e encontrei minha mãe, também muito velha. Muito engraçado, vó…

Sono. Amanhã eu escrevo a aventura do trem.

Enviado por email

Anúncios