Mala memoria

Desço para o almoço mais cedo que o costume. Essa fome não é a da hora do almoço, é aquela que surge no meio da manhã e eu não como nada pra não perder a fome na hora do almoço. Vai ver meu relógio biológico se desregulou em algum ano passado e só funciona no horário de verão. No térreo, olho pra direita – saída, comida. Olho pra esquerda – caixa eletrônico, tô devendo 5 pratas à Iva. Resolvo pegar o dinheiro. Mas não gosto de ir à rua com dinheiro. E além disso, meu medo era esquecer na volta, então disse a mim mesma que eu NÃO iria esquecer de sacar dinheiro na volta. Saí do prédio. No meio do caminho pensei em outra coisa que também tinha que fazer. Pensei “agora são duas coisas que não posso esquecer”. Adivinha? Na volta, de novo no meio do caminho, lembrei que tinha que pegar dinheiro “e fazer outra coisa, não sei o quê”.

A memória podia ter me feito o favor de apagar também a informação de que eram duas coisas pra lembrar, né?

Anúncios

5 comentários sobre “Mala memoria

  1. Well,
    (De volta ao escritório ou ao, não importa – voltando do almoço)
    Ela entra, toda faceira, com aquela sensação gostosa, uma preguicinha… hummm. Ai que vontade de dar uma refesteladinha num sofá por 15/20 minutinhos… Mas, chega de lero-lero e vamos ver no que deu esse retorno… rsrs.

    Como eu ia dizendo, entrando toda faceira, dá de cara com quem? Iva, lógico.
    – Iva, (beijinhos, claro… pessoas educadas, agradáveis)… tudo bem?
    – Ótima, o sol voltou… e vc?
    – Bom que voltou (o sol) né… eu tb vou bem. Aaahhhh… lembrei de vc, menina.
    – É? Eu tb lembrei de vc…mas, me diga: o que foi que vc lembrou de mim?
    – Quando saí para o almoço eu lembrei que…. VRUMMMMM, FFOOOOOONNNNN… KABRUMNMMM… PRLAFFFFTCH…
    – Jesus… que é isso? Bateram… ô cidade, viu!
    – Isso aqui vai ficar um inferno nesse horário, todo mundo voltando do almoço..
    – Nem me fale…
    – Nossa… eu fico descompensada com esses sustos… morro de medo. Ai preciso sentar.
    – Vamos entrar, vc senta no sofá, lá dentro eu lhe trago água. Vamos…
    – Vamos.
    Elas entram, sentam. a Iva traz um copo de água, pergunta se tá tudo bem. Ela responde que sim.
    – Mas, vc ia dizendo que lembrou de mim…
    – Ah sim, lembrei…, mas esqueci o que ia dizer. Mas pelo menos te encontrei né… que bom. Que susto. Eu nem ia saber o que fazer se não fosse vc.

    É… e as 5 pratas, necas de pitibiriba… rsrsrs.

    Abs.

    1. isso também podia ter sido apagado, mas não… Já pensei em mil coisas, já fiz uma coisa que eu acho que era A Coisa, mas não tenho certeza. Hoje no ônibus escutei de um rapaz: tenho que ir à Sendas comprar um negócio, só não sei o quê. É a mesma coisa, ele poderia ter se esquecido de que tinha que fazer compras, mas não, lembra disso e lembra até em que supermercado tem que ir!

  2. ???
    Aline, vc ficou chateada com minha brincadeira? Queria apagá-la… Acho que fui mal. Desculpe-me. Mas só quis brincar.
    Abs.

Os comentários estão desativados.