Nimbuzz

Estou usando o Nimbuzz como instant messeger. Instalei o programa no smartphone. O telefone do Marcelo foi comprado e desbloqueado na TIM mas ficou com seqüelas, só no último fim de semana o navegador com OI Wap começou a funcionar. Conecta depois de 3 tentativas de entrar na TIM WAP (síndrome de estocolmo!). Ele usa o Nimbuzz web. Decidi instalar um programa desses depois de um chat via sms quando estávamos voltando pra casa, eu no 397 expresso, ele no 396 rápido. No dia seguinte eu fui procurar uma alternativa menos trabalhosa (e menos cara). Ontem à tarde conversamos via Nimbuzz. Hoje eu li o artigo no Webinsider e achei curiosa a busca pelo público-alvo. Qualquer criatura com um celular (e créditos) na mão é público-alvo. A aplicação serve pra galera jovem cool antenada e também para um casal de trabalhadores (muito jovens ainda, ora pois) que anda de ônibus e fica de conversê na Av. Brasil? Ou então, à noite, quando mamãe acaba de botar a filhote pra dormir, dá um beijinho de boa-noite e manda um buzz pro marido, que vê o futebol na sala: “ela dormiu! pro quarto já!”

Só falta a OI colaborar!

Anúncios