Dentões e fotinhas

  • Terceira sessão de tortura na cadeira da dentista. Doutora Márcia arranca a obturação antiga, inclina a cabeça, olha de novo e me pergunta “esse dente dói?” e eu com a cabeça pra lá e pra cá, digo que não. E ela: “Estranho… Esse dente tá pra canal…”

    Eu me sacudo “hmmm hmmm hmmm”, ela tenta conversar, mas eu me sacudo mais pra ela tirar a broca e o sugador da minha boca e acabo desligando a lâmpada e o sugador. Ela “todo mundo tem medo de canal…”

    Ela escavou a cárie que se se espalhava silenciosamnte por baixo da obturação antiga e disse que a polpa do dente não foi atingida. Escapei de um canal por alguns milímetros.

    Eu odeio dentista, odeio odeio, odeio. Eu tenho pânico de dentista.

  • Após o dentista eu fui tentar revelar umas fotos para um trabalho de escola da Carolina. Árvore Genealógica. Abri o Picasa, escolhi as fotos e recortei para enquadrar os rostos numa foto 3×4. Levei à lojinha de fotografia o pen drive e expliquei: eu quero 8 fotinhas 3×4, eu não quero 8 cartelas com 8 cópias de cada foto. Resposta que ouvi em 5 lojinhas diferentes: NÃO.

    “Acontece que o pograma só faz assim”… O programa (em todas elas, o ponto de auto-atendimento da Kodak) imprime uma cartela com 8 cópias da mesma imagem em 3×4. Dando uma prensa nas atendentes elas admitem que existem outras opções, mas ninguém quis fazer ou porque dava muito trabalho, ou porque ficaria muito caro. Um deles chegou a falar em imprimir as 8 cartelas com 1 imagem e 7 quadros em branco e me cobrar o preço das 8 cartelas completas, o que daria uns 42 reais. Uma atendente disse que faria diferente: imprimiria 7 folhas em 10×15, com a fotinha 3×4 nela, faria mas em outro dia. Uma outra atendente me disse para voltar com as fotos originais, imprimí-las em tamanho natural que ela mesma recortaria a área desejada em 3×4.

    Hoje pela manhã eu olhei umas fotos da minha filha na mesa do computador e vi que, pela proximidade em que as fotos foram tiradas, os rostos não caberiam num recorte 3×4. Abri o Word para colar as 8 fotinhas num documento de texto, levar para o trabalho e imprimir em P&B no papel ofício, mas pensei melhor, abri o Publisher, desenhei um retângulo 10X15, inseri 8 frames de imagem, importei as imagens desejadas em duas fileiras, 4 em cima 4 embaixo, agrupei tudo e salvei em jpeg. Resultado: uma fotografia 10×15 com as 8 fotinhas desejadas em 3×4. Levou 5 minutos pra ficar pronto e a revelação sai por 1 real.

    Estou até agora pasma com a recusa de lojas especializadas em fotografia em pegar o serviço. Eu cheguei a dizer ao rapaz do Pólo de Imagem (No Pólo 1, em Madureira): Eu tenho câmera digital, computador, programas para editar as imagens, posso fazer de tudo com as fotos e não tenho como imprimir? Se eu tivesse impressora em casa eu faria o serviço e vocês, lojas especializadas, não fazem? É chocante!

Anúncios